Extremos Store


Imagem da Notícia
Patagonia
Elias Luiz
R$ 79 • frete grátis
Imagem da Notícia
Kungsleden
Elias Luiz
R$ 79 • frete grátis
Imagem da Notícia
Everest
Elias Luiz
R$ 79 • frete grátis
COBERTURA ONLINE
Elias Luiz - Escritor e Editor do Extremos

23.04.2024 - 11:30 Brasil | 20:15 Nepal

Acidente no Lobuche East

Uma mulher japonesa, identificada como Yukie Morita, sofreu ferimentos graves após cair do pico Lobuche, na região do Everest, na manhã desta segunda-feira, informaram os organizadores da expedição. Yukie estava descendo do ponto mais alto do pico Lobuche, cerca de 6.100 metros de altitude, quando o acidente ocorreu por volta das 11:00. Segundo Da Dendi Sherpa, Diretor-Gerente da Glacier Himalaya Treks, as cordas de escalada se romperam, fazendo com que ela caísse do outro lado do pico.

Após o incidente, foi realizada uma operação de resgate com longline, conduzida pelo piloto instrutor Bibek Khadka, o especialista em longline Lokendra Dhami e a equipe de solo Pasang Dawa Tamang, da empresa Altitude Air. Yukie foi primeiramente levada para Feriche, depois para Lukla e finalmente para Kathmandu, onde recebeu tratamento médico na parte da tarde. Seu estado de saúde é considerado crítico, conforme compartilhado por Sherpa.

China fecha o Shishapangma

O governo chinês fechou o acesso a duas montanhas com mais de 8.000 metros, o Shishapangma (8.027m) e o Cho Oyu (8.188m), sem fornecer explicações para a decisão. Vários alpinistas, incluindo o brasileiro Moeses Fiamoncini, já se encontravam em Kathmandu aguardando a emissão de vistos e permissões de escalada.

Após um período de 17 dias de expectativa por uma resposta sobre a possibilidade de escalar o Shishapangma no Tibet, fomos informados de que, este ano, não será permitido realizar escaladas na região. Agora é o momento de refazer nossos planos e redirecionar nossa energia para explorar novos desafios!

– Moeses Fiamoncini - Katmandu

Grade6

Os brasileiros desceram para Lobuche e logo devem começar a escalada do Lobuche East (6.119m), como 1º Ciclo de Aclimatação.


22.04.2024 - 17:30 Brasil | 02:15 Nepal

Podcast 407

No episódio 407 do nosso podcast, os brasileiros discutem a emocionante chegada ao Campo Base do Everest, a tradicional Cerimônia Puja, e o intenso treinamento na Cascata de Gelo. Destaque para um inspirador depoimento de Alex Murta. Ouça e comente!

19.04.2024 - 02:30 Brasil | 11:15 Nepal

Fernanda Maciel vai escalar o Everest

A atleta brasileira de Ultra Runner, Fernanda Maciel, está de volta ao Nepal. Há um mês, ela treinou em altitude na região de Periche e depois retornou para sua casa em Chamonix, onde continuou o treinamento em montanhas de menor altitude. Agora, ela retornou ao Nepal e acabou de escalar o Mera Peak, que tem 6.476 metros de altitude e fica próximo a Lukla. Essa altitude já supera um pouco a do Campo 2 do Everest.

Mas qual será o objetivo de Fernanda para esta temporada? Vamos explorar!

Esta é minha quarta temporada nos Himalaias. Neste inverno-primavera, há menos turistas e a atmosfera está mais selvagem. As altitudes seguem sendo desafiadoras, e as pessoas ao redor inspiram com seu trabalho árduo. Ontem, percorri de Namche a Dingboche, que fica a 4.400m. Hoje, atingi 5.000m. Namastê.

– Fernanda Maciel (15 de março de 2024)

Estou muito grata por estar em um lugar tão inóspito! Aqui, banhos são inexistentes, e minha alimentação e treinamento são como os de uma cabra. Hoje completei meu quinto dia de aclimatação, correndo até Chukhung Ri pela segunda vez. É um pico que alcança 5.560 m de altura na região do Everest. Consegui escalar 800m em 1h14min. Estou feliz em ver como meu corpo se adapta bem à altitude.

– Fernanda Maciel (18 de março de 2024)

Patrocinada pela Red Bull, The North Face e Compressport, Fernanda claramente tem como meta alcançar algum recorde ou realizar uma façanha pouco explorada no Everest, algo que ela vem fazendo nos últimos anos ao estabelecer recordes de velocidade de escalada no Aconcágua, Vinson e Kilimanjaro.

Namastê Nepal. Muito grata por estar aqui novamente, numa espécie de run+climb. Esta semana tem sido incrível, tenho corrido diariamente em um vale muito selvagem, técnico e íngreme, sem wifi e sem muita gente. Subi duas vezes o pico Mera 6.476m (ontem desde a aldeia Khare 4.900m/total 4h40 até o cume e esta manhã desde o High Camp 5.800m/total 1h40) estava lindo demais depois da tempestade de neve e me senti super bem em alta altitude. Amanhã voltarei correndo para Lukla, devo demorar mais dois dias longos correndo, mas mal posso esperar para tomar um banho.

– Fernanda Maciel (18 de abril de 2024)

Como todo atleta de alta performance, Fernanda mantém seus planos em segredo, preferindo a tranquilidade e o foco em seus objetivos, algo que devemos respeitar.

No último verão, em Chamonix, enquanto eu guiava um grupo de hikers no Tour du Mont Blanc — cidade onde Fernanda reside —, tivemos a honra de ser recebidos por ela em frente à tradicional igreja, ponto de partida da renomada corrida de montanha, a Ultratrail du Mont Blanc (UTMB), na qual ela já competiu diversas vezes, alcançando a impressionante quarta colocação como a melhor brasileira no geral. Quando perguntei a ela sobre seu próximo grande projeto, ela respondeu:

Vou escalar o Everest!

– Fernanda Maciel (20 de agosto de 2023)

Semanas atrás, combinei com ela um podcast para após sua expedição. Mesmo deixando-a tranquila durante todo o período no Everest, o Extremos divulgará aqui o que conseguirmos coletar sobre sua jornada. Estamos na torcida para que Fernanda Maciel alcance seus objetivos.

Será que vem um novo recorde por aí? Recebi algumas informações de bastidores, mas, como não foi ela quem disse, vamos aguardar para ver o que o futuro reserva. Sucesso e Namastê!



18.04.2024 - 12:15 Brasil | 21:00 Nepal

Campo Base do Everest

Após dez dias de caminhada, os brasileiros finalmente alcançaram o Campo Base do Everest, a uma altitude de 5.350 metros. Este ano, a infraestrutura da Grade6 inclui barracas em formato de domo, proporcionando maior conforto aos seus clientes nos momentos cruciais de descanso durante os ciclos de aclimatação.

A caminhada dos brasileiros de Lobuche, situado a 4.940 metros de altitude, até o Campo Base do Everest, a 5.350 metros, percorreu uma distância de 8,30 quilômetros. Eles completaram essa etapa em 3 horas e 23 minutos, superando um desnível de 551 metros. A velocidade média da caminhada foi de 2,44 km/h, um ritmo estável que demonstra tanto a resistência quanto a necessidade de cautela diante das exigências do ambiente de alta montanha.





17.04.2024 - 09:15 Brasil | 18:00 Nepal

Rota aberta na Cascata de Gelo

Os "Doutores da Cascata de Gelo" enfrentaram desafios significativos ao tentar abrir uma nova rota este ano. Conforme mostrado pela linha branca na imagem abaixo, eles não conseguiram conectar a parte final da trilha devido a uma grande fenda intransponível. Após retornarem ao ponto inicial, foram necessárias mais duas tentativas para finalmente estabelecerem a passagem até o Campo 1. Espera-se que a fixação das cordas até o Campo 2 seja concluída até amanhã. Apesar de um atraso de 10 dias, isso não deve impactar as agências, que em breve enviarão seus porteadores para montar os Acampamentos 1 e 2. Uma equipe de sherpas da Seven Summit Treks ficará responsável por instalar as cordas do Campo 2 até o cume.

A foto que ilustra a rota na Cascata de Gelo pertence à temporada anterior. A rota exata deste ano só consegurei desenhar quando os alpinistas iniciarem os Ciclos de Aclimatação, momento em que é provável que surjam fotos noturnas iluminadas pelas lanternas nas cabeças dos montanhistas, delineando o caminho percorrido.

Brasileiros

A equipe da Grade6 praticou o que chamamos de descanso ativo. Embora tenham optado por passar duas noites em Lobuche, hoje realizaram uma caminhada curta de 2,62 km e já retornaram. A caminhada durou 56 minutos, com um ganho de altitude de 82 metros. A velocidade média foi de 2,81 km/h. Amanhã, eles seguirão para o Campo Base do Everest.

Permits

Até o momento, o Departamento de Turismo emitiu 274 permissões de escalada para o Everest, 40 para o Lhotse e 12 para o Nuptse.



16.04.2024 - 01:15 Brasil | 10:00 Nepal

Lobuche (4.940m)

A equipe da Grade6 saiu de Dingboche e chegou a Lobuche, em uma caminhada de 3 horas e 2 minutos, abrangendo um percurso de 7,19 km, com um ganho de altimetria de 626 metros. A velocidade média foi de 2,37 km/h. No caminho eles passaram pelo Memorial aos Mortos no Everest.



15.04.2024 - 10:45 Brasil | 19:30 Nepal

Nangkartshang (5.080m)

Hoje ocorreu o segundo ciclo de aclimatação para o grupo rumo ao Campo Base do Everest. O primeiro ciclo aconteceu em Namche Bazaar e o de hoje em Dingboche. Lembro-me de que, há 14 anos, quando percorri essa mesma trilha, ambos os ciclos ocorreram no mesmo local. A tarefa de hoje foi partir de Dingboche (4.530 m) e subir a montanha situada atrás dos lodges, a Nangkartshang (5.050 m). Do seu cume, tem-se uma visão espetacular do Ama Dablam (6.812m), diretamente à frente, bem como do Makalu (8.462 m), uma das 14 montanhas do planeta que ultrapassam os 8.000 metros de altitude. Adotando a estratégia de "sobe alto, dorme baixo", o grupo retornou a Dingboche para pernoitar.

A atividade durou 4 horas e 7 minutos, abrangendo um percurso de 5,45 km, com um ganho de altimetria de 760 metros. A velocidade média foi de 1,32 km/h.

Estamos preparando o segundo podcast da temporada e esse vai ser arrepiante. Aguardem!



14.04.2024 - 06:15 Brasil | 15:00 Nepal

Dingboche (4.530m)

Pela primeira vez na temporada os brasileiros romperam os 4.000m de altitude e chegaram a Dingboche (4.530m). Da mesma forma que em Namche Bazaar a equipe ficou um dia a mais para aclimatação, em Dingboche acontece o mesmo. Amanhã eles farão uma caminhada de aclimatação subindo o Nangkartshang (5.080m). Hoje, eles fizeram uma caminhada de Pangboche (3.985m) para Dingboche (4.530m), percorrendo 6,34 km, com um ganho de altimetria de 482 metros. Completaram a trilha em 2 horas e 27 minutos, com uma velocidade média de 2,58 km/h.




13.04.2024 - 10:45 Brasil | 19:30 Nepal

Pangboche (3.985m)

Ontem, os brasileiros realizaram uma cerimônia Puja em um mosteiro em Phortse. Puja é um ritual religioso hindu ou budista realizado para buscar proteção divina e bênçãos para uma escalada segura e bem-sucedida. Hoje, eles fizeram uma caminhada de Phortse (3.840m) para Pangboche (3.985m), percorrendo 4,43 km, com um ganho de altimetria de 362 metros. Completaram a trilha em 2 horas e 22 minutos, com uma velocidade média de 1,87 km/h.



12.04.2024 - 10:00 Brasil | 18:45 Nepal

Phortse (3.840m)

Hoje, os brasileiros que estão se preparando para escalar o Everest fizeram a trilha de Namche Bazaar (3.440m) até Phortse (3.840m). Percorreram 9,84 km, com um ganho de altimetria de 1.112 metros, completando a jornada em 4 horas e 14 minutos. Isso evidencia como a caminhada em altitudes elevadas é lenta; a velocidade média foi de 2,29 km/h.


Santalena
Olivia
Fabio
Eduardo
Filipe
Marcos
Maria

11.04.2024 - 16:00 Brasil | 00:45 Nepal

10.04.2024 - 09:15 Brasil | 18:00 Nepal

Namche Bazaar (3.400m)

A equipe da Grade 6, liderada pelo guia Carlos Santalena, chegou nesta tarde a Namche Bazaar. Estamos preparando o primeiro podcast da temporada para vocês, que abordará as impressões destes dois dias de caminhada, de Lukla até Phakding e, em seguida, até Namche Bazaar. Aguardem!


09.04.2024 - 12:30 Brasil | 21:15 Nepal

1º dia

Brasileiros já pousaram em Lukla e seguiram caminhada para Phakding. Amanhã seguem para Namche Bazaar.

Permits

Até o momento foram liberados 149 permits de escalada do Everest, para 30 países diferentes.



08.04.2024 - 23:00 Brasil | 07:45 Nepal

Aeroporto

Brasileiros estão no aeroporto de Kathmandu, aguardando embarque para Lukla.



07.04.2024 - 10:45 Brasil | 19:30 Nepal

Brasileiros em Kathmandu

Todos os brasileiros já estão em Kathmandu, hospedados no Radisson Hotel, situado próximo ao tradicional bairro de Thamel. No dia 9, eles partirão para Lukla; portanto, utilizarão esses dias para passeios e, principalmente, para adquirir os últimos equipamentos que faltam. Olivia aproveitou para comprar o seu Downsuit — um macacão isolante, recheado com plumas de ganso, essencial para escalar o Everest, pois mantém o calor em condições de frio extremo. Geralmente, esses são utilizados acima do Campo 2. Além da variedade de equipamentos de alta montanha, os preços costumam ser mais acessíveis.

Permit

Para quem não estava familiarizado com o permit, ou licença de escalada, Carlos Santalena obteve hoje a licença para todos (veja na foto abaixo). Escalar o Everest sem um permit é impossível. O permit de escalada do Everest é uma autorização essencial para quem deseja escalar a montanha mais alta do mundo. Emitido pelo governo do Nepal, essa licença implica taxas significativas e é fundamental para garantir a segurança, a gestão de resíduos e a conservação ambiental da área. A taxa cobrada é de US$ 11.000 por pessoa.




05.04.2024 - 21:00 Brasil

Fixação de Cordas

Este ano, a Cascata de Gelo de Khumbu está desafiando a equipe de sherpas especialistas responsável por abrir a rota para o Campo 1. Mas a rota deve ficar pronta na semana que vem.

Há uma seção muito complicada logo abaixo do Campo 1. Existe uma fenda muito grande, e os Doutores do Gelo estão tentando encontrar um caminho há quatro ou cinco dias, sem sucesso.

- Dawa Steven | Asian Trekking

Os brasileiros

Carlos Santalena e Olivia Bonfim já chegaram a Kathmandu.
Filipe Chamusca e os demais brasileiros devem embarcar neste sábado, dia 6, para o Nepal.


04.04.2024 - 20:00 Brasil

Brasileiros no Cume

Conheça os 36 brasileiros que alcançaram o cume do Everest, alguns dos quais em mais de uma ocasião.


Imagem 1

Face Norte: 14.05.1995
Face Sul: 02.06.2005
Idade: 29 e 39 anos
Nascimento: 12.03.1966
Foz do Iguaçu / PR
Imagem 2

Face Sul: 14.05.1995
Idade: 32 anos
Nascimento: 14.06.1962
Teresópolis / RJ
Imagem 3

Face Sul: 02.06.2005
Idade: 33 anos
Nascimento: 12.06.1971
Curitiba / PR
Imagem 4

Face Norte: 02.06.2005
Face Norte: 19.05.2006 - morte
Idade: 37 e 38 anos
Nascimento: 13.12.1967
Belo Horizonte / MG
Imagem 5

Face Sul: 19.05.2006
Idade: 40 anos
Nascimento: 11.01.1966
Igarapava / SP
Imagem 1

Face Sul: 27.05.2008
Face Sul: 20.05.2011
Face Sul: 21.05.2013
Idade: 39, 42, 44 anos
Nascimento: 09.05.1969
Ibitinga / SP
Imagem 2

Face Sul: 27.05.2008
Idade: 38 anos
Nascimento: 02.07.1969
Campinas / SP
Imagem 3

Face Sul: 17.05.2010
Idade: 53 anos
Nascimento: 20.08.1956
Farroupilha / RS
Imagem 4

Face Sul: 17.05.2010
Idade: 46 anos
Nascimento: 04.01.1964
Manaus / AM
Imagem 5
10º

Face Sul: 07.05.2011
Face Sul: 19.05.2016
Face Sul: 20.05.2018
Idade: 24, 30, 32 anos
Nascimento: 10.05.1986
Campinas / SP
Imagem 1
11º

Face Sul: 07.05.2011
Idade: 38 anos
Nascimento: 27.04.1973
São José dos Campos / SP
Imagem 2
12º

Face Sul: 17.05.2013
Face Norte: 21.05.2017
Idade: 31, 35 anos
Nascimento: 14.05.1982
São Paulo / SP
Imagem 3
13º

Face Sul: 23.05.2013
Idade: 43 anos
Nascimento: 28.02.1970
São Paulo / SP
Imagem 4
14º

Face Sul: 19.05.2016
Idade: 37 anos
Nascimento: 26.11.1978
Bauru / SP
Imagem 5
15º

Face Norte: 21.05.2016 - 6h
Idade: 24, 30, 32 anos
Nascimento: 26.11.1968
Monsenhor Tabosa / CE
Imagem 1
16º

Face Sul: 21.05.2016 - 7h
Idade: 38 anos
Nascimento: 15.03.1978
Pelotas / RS
Imagem 2
17º

Face Sul: 16.05.2017 - 10h30
Idade: 42 anos
Nascimento: 10.06.1974
São Paulo / SP
Imagem 3
18º

Face Sul: 16.05.2018 - 11h30
Idade: 43 anos
Nascimento: 03.02.1975
Brasília / DF
Imagem 4
19º

Face Sul: 19.05.2018 - 09h
Idade: 29 anos
Nascimento: 08.03.1989
Santa Rosa / RS
Imagem 5
20º

Face Sul: 20.05.2018 - 07h43
Idade: 23 anos
Nascimento: 06.09.1994
São José dos Campos / SP
Imagem 1
21º

Face Sul: 20.05.2018 - 07h43
Idade: 60 anos
Nascimento: 07.04.1958
Votuporanga / SP
Imagem 2
22º

Face Sul: 21.05.2018 - 06h43
Face Norte: 21.05.2017
Idade: 31, 49 anos
Nascimento: 14.05.1969
Criciúma / SC
Imagem 3
23º

Face Sul: 21.05.2018 - 13h45
Idade: 55 anos
Nascimento: 25.10.1962
Novo Hamburgo / RS
Imagem 4
24º

Face Sul: 22.05.2019 - 03h11
Idade: 48 anos
Nascimento: 11.01.1971
Governador Valadares / MG
Imagem 5
25º

Face Sul: 23.05.2019 - 11h30
Idade: 39 anos
Nascimento: 14.09.1979
Rio Negro / PR
Imagem 1
26º

Face Sul: 23.05.2021 - 07h21
Idade: 46 anos
Nascimento: 08.07.1974
Belo Horizonte / MG
Imagem 2
27º

Face Sul: 23.05.2021
Face Sul: 15.05.2022
Face Sul: 22.05.2023
Idade: 33, 34, 35 anos
Nascimento: 30.05.1987
Cruzeiro / SP
Imagem 3
28º

Face Sul: 23.05.2021 - 09h04
Idade: 38 anos
Nascimento: 12.11.1982
São Paulo / SP
Imagem 4
29º

Face Sul: 23.05.2021 - 10h30
Idade: 37 anos
Nascimento: 14.02.1984
Campinas / SP
Imagem 5
30º

Face Sul: 23.05.2021 - 10h45
Idade: 47 anos
Nascimento: 08.02.1974
São Paulo / SP
Imagem 5
31º

Face Sul: 16.05.2022 - 03h45
Idade: 68 anos
Nascimento: 26.11.1953
Curitiba / PR
Imagem 1
32º

Face Sul: 16.05.2022 - 06h15
Idade: 35 anos
Nascimento: 11.04.1987
Bagé / RS
Imagem 2
33º

Face Sul: 16.05.2022 - 06h15
Idade: 40 anos
Nascimento: 16.08.1981
Porto Alegre / RS
Imagem 3
34º

Face Sul: 17.05.2023 - 07h20
Idade: 33 anos
Nascimento: 21.10.1989
São Paulo / SP
Imagem 4
35º

Face Sul: 22.05.2023 - 08h15
Idade: 45 anos
Nascimento: 09.09.1977
Rio de Janeiro / RJ
Imagem 5
36º

Face Sul: 22.05.2023 - 09h35
Idade: 32 anos
Nascimento: 18.08.1986
Rio de Janeiro / RJ

PERGUNTA
Você teria coragem de escalar o Everest?



comentários
LIVROS

COMPRE AGORA

Elias Luiz possui um estilo de escrita singular, proporcionando aos leitores a sensação de fazerem parte da aventura enquanto percorrem as páginas do livro. Repleto de reflexões sobre a vida moderna e superação, apresentando a experiência única de viver um grande aventura em meio à natureza. As obras são enriquecidas com fotos e mapas que estimulam a imaginação do leitor. É impossível mergulhar na leitura sem sentir o desejo de colocar uma mochila nas costas e vivenciar sua própria jornada. Boa leitura e boas aventuras!

 

R$ 79 / frete grátis
  • 324 páginas
  • 70 fotos
  • 29 mapas

Argentina e Chile

(881 reviews)

Elias Luiz percorreu trilhas de longa distância em Bariloche, diversos roteiros em El Chaltén, o magnífico Circuito O em Torres del Paine e o Circuito Dientes de Navarino em Puerto Williams.

R$ 79 / frete grátis
  • 276 páginas
  • 75 fotos
  • 20 mapas

Nepal e Tibet

(917 reviews)

O trekking ao Campo Base do Everest é a trilha mais desejada por todo aventureiro e Elias Luiz relata a sua grande jornada pelo Nepal e também pelo Tibet, passando pela face norte.

R$ 79 / frete grátis
  • 320 páginas
  • 60 fotos
  • 1 mapa

Canadá

(722 reviews)

A Great Divide Trail, com seus 1.100 km é uma das trilhas mais inóspitas, difíceis e bonitas do planeta. Embarque junto com Elias Luiz e Daiane Luise nessa aventura repleta de ursos.

R$ 79 / frete grátis
  • 272 páginas
  • 66 fotos
  • 1 mapa

Suécia e Noruega

(793 reviews)

Você está prestes a conhecer uma das regiões mais selvagens da Europa, na Lapônia, acima do Círculo Polar Ártico, repleta de ursos, lobos, renas e a magistral Aurora Boreal.

R$ 55 / eBook
  • 300 páginas
  • 60 fotos
  • 12 mapas

França, Itália e Suíça

(3.728 reviews)

Para você que sonha em colocar a mochila nas costas e fazer uma viagem de aventura, este livro será uma grande inspiração. Elias Luiz narra a sua aventura pelos Alpes.

R$ 55 / eBook
  • 300 páginas
  • 60 fotos
  • 12 mapas

eBook in English

(7.106 reviews)

For those who dream of putting a backpack on their shoulders and embarking on an adventure trip, this book will be a great inspiration. Elias narrates his adventure through the Alps.

Se você sonha em fazer uma caminhada de longa distância, aproveite o roteiro oferecido por Elias Luiz, onde ele refaz a trilha original do seu livro Tour du Mont Blanc. Serão 170 km em 11 dias de caminhada e dias de descanso na charmosa Chamonix e em Courmayeur. Viva essa experiência!



O MELHOR DO TMB

Passeios inclusos para o Mer de Glace e Aiguille du Midi.

BAGAGEM

Transporte de bagagem incluso. Você caminhará leve.

OFERTA ESPECIAL

€ 4.290,00 dividido em 3 parcelas o trecho terrestre.

DEPOIMENTOS

"Gostaria de registrar o carinho e capricho que tens com os leitores. Como sou leitor das antigas prefiro o livro impresso! Ainda fico ansioso pela chegada de um novo livro. O teu vai além de um "simples" livro. Tem qualidade, interatividade, arte, uma fotografia fantástica e uma ótima e envolvente história. Obrigado por me inspirar a buscar cada vez mais a 'Waldeinsamkeit' .
Alles Gutes für dich!"

Rafael SilvaLeitor de Rocky Mountains

"Adorei Elias! Senti emoção, medo, achei que você é maluco, senti saudades, fiquei com vontade de fazer a trilha, e no final desisti… mas não de fazer trilhas tá! Só desse final perigoso! Parabéns pelo livro, pela coragem e determinação! Parabéns por nos inspirar, por fazer olhar o mundo de diferentes formas. Por nos mostrar que devemos sair da rotina, sentir a natureza, viajar… e o que mais precisamos é ter um coração em paz e bons amigos!"

Kelly Cardelli Leitora de Patagonia

"Obrigada Elias, o livro é sensacional! A riqueza de detalhes impressiona, devorei o livro ontem a noite, em muitos momentos me emocionei e me senti caminhando contigo a cada parágrafo que ia lendo. Você conseguiu passar a emoção vivida, e isso é sensacional pra nós leitores! Não vejo a hora de estar lá!"

Anelize Damy Leitora de Tour du Mont Blanc

"Completar o TMB com o Extremos foi uma experiência incrível. Uma trilha desafiadora pelo desnível, mas que te recompensa sempre com paisagens deslumbrantes, natureza preservada, sabores, sons e água pura. Passamos por três países, cidades, vilarejos, refúgios aconchegantes, florestas e fazendas, sempre com a montanha por perto nos mostrando sua grandiosidade e beleza. Uma imersão intensa na cultura alpina e no espírito de união entre os hikers que encontramos na trilha.

Marcos Ribeiro Hiker do TMB